domingo, 21 de julho de 2013

12 sinais de que você é um escritor de coração (e 3 de que você não é)


Meu namorado me indicou uma matéria bem interessante que ele encontrou por acaso, falando sobre esses 12 sinais — que achei perfeitos! *__* O texto está todo em inglês, mas resolvi traduzir uns trechos que achei interessante, além dos sinais.

"J.K. Rowling nunca publicou antes de Harry Potter, e seu livro foi recusado por 12 editoras conhecidas antes de ser pego pela Bloomsbury, com apenas 1.500 libras britânico. E a única razão para editor da Bloomsbury, Barry Cunningham, ter aceito publicá-lo, foi porque ele deu o primeiro capítulo para sua filha de 8 anos ler, e ela exigiu mais.
Eu conheci muitos escritores que têm o tipo de talento que leva ao topo da lista de Best Sellers do New York Times, e mesmo assim muitos deles não publicam seus trabalhos. Eles escrevem pelo simples prazer de escrever, de modo que lhes bastam apenas postar o trabalho on-line para o mundo desfrutar. Mas se você já se perguntou se você é um escritor de coração, confira o seguinte:"

12 sinais que você é um escritor de coração:



Sinal # 1: Escritor sonhador
Alguma vez você já fantasiou sobre estar escrevendo? Ou simplesmente fantasiou mais do que acha que é normal? Se você tem uma tendência a tirar os pés do chão, e viajar na maionese, você pode ser um escritor. Uma das características de um grande contador de histórias é a capacidade de fantasiar vividamente. Muitos escritores podem fazer isso à vontade e alguns podem fazê-lo, mantendo-se em uma conversa.

Sinal # 2: A paixão de infância
Você gostava de escrever quando era pequeno? Se você gostava de escrever quando você era uma criança, esse pode ser um sinal de que você nasceu para escrever. As crianças sabem o que elas gostam e tendem a saber o que elas vão fazer com a sua vida, mesmo que não possam expressá-la.

Tome como exemplo a criança que está sempre preocupada com o bem estar dos outros, tornando-se um médico ou enfermeiro, ou a criança que gostava de cantar e ser ativa no coro da igreja toda a sua vida. Existem numerosos exemplos.

Sinal # 3: O roteirista 
Você tem um talento especial para descobrir enredos de filmes? Escritores pensam de forma diferente dos outros. Enquanto aqueles ao seu redor estão recebendo emoções baratas e são completamente surpreendido por filmes de suspense, o escritor natural está 10 cenas a frente para descobrir quem é o assassino ou como o mistério será resolvido.

Muitos escritores ficaram surpresos com as pessoas no cinema assistindo O Sexto Sentido por que eles não deduziram que Bruce Willis estava morto, até o final chegar. Para nós, ficou óbvio a partir da metade, porque não havia outro caminho melhor para a história continuar. Todo mundo adora uma boa história.

Sinal # 4: A leitura é (sempre) um Hobby
Você realmente gosta de ler? Escritores lêem. É apenas um fato da vida para nós. Isso não quer dizer que todo mundo que lê pode escrever, mas o escritor é atraído por livros como formigas para pote de açúcar. Se você gosta de escrever e sempre foi um ávido leitor, bem ... Eu preciso dizer mais?

Sinal # 5: Sem reconhecimento? Sem problema
Você já pensou que se vivesse como um mendigo, ainda iria querer escrever? Você já considerou a possibilidade de que se você se comprometesse a escrever em tempo integral, mesmo vivendo em situação de pobreza, você ainda iria quer escrever? Se a escrita é mais atraente para você do que viver mal é desagradável, você tem o bug. Você tem o talento?

Sinal # 6: Não Pode Parar Escrevendo
Você tem mais do que um par de cadernos preenchidos de capa à contra-capa? Quando os escritores começam, eles escrevem em qualquer lugar e em todos os lugares. Como crianças, nós escrevemos nas paredes, em seguida, em revistas, livros e cadernos. Mais tarde, encontramo-nos rabiscando idéias em guardanapos e as costas de envelopes, quando nada mais é útil.

Qualquer um que já pulou da cama depois de um sonho e procurou freneticamente no escuro algo para escrever, vai saber o que quero dizer.

Sinal # 7: O que sonha acordado
Alguma vez você já se encontrou perdido em seus pensamentos? Alguma vez você já encontrou-se totalmente imerso em seus próprios pensamentos, quando você tinha que se concentrar em outra coisa e esses pensamentos eram história, poemas ou letras?

Se você fica com uma idéia para uma história presa na sua cabeça, e fica voltando a pensar nela, mesmo em momentos inoportunos, anime-se. Este é realmente um bom sinal de que você tem um escritor sob a superfície.

Sinal # 8: "Conte-nos uma história"
Será que as crianças preferem mesmo que você diga-lhes uma história de sua própria criação, e não de um livro? As crianças podem identificar um escritor de um quilômetro de distância. A primeira vez que você contar uma história, você pode também querer pendurar uma placa "contador de histórias" que só as crianças podem ler, em torno de seu pescoço.

Sinal # 9: Que palavra é essa?
Quando você se depara com uma palavra que você não reconhece, você precisa encontrar o seu significado? Escritores são experts em palavras. Gostam de ir atrás de palavras que não entendem o significado, e muitas vezes basta lê-lo em uma frase ou o parágrafo para conseguir inferir seu sentido.

Ainda assim, precisa saber com certeza. Têm vários dicionários e um dicionário de sinônimos ou dois espalhados pela casa. Isso se parece com você?

Sinal # 10: Jogos de tabuleiro são divertidos!
Você acha que as palavras são mais divertidas do que um barril cheio de jogos de tabuleiro? Quando se trata de jogos, a maioria das pessoas preferem jogos como cartas, monopólio ou outros jogos de tabuleiro que se movem rapidamente ou envolvem pouquíssimo poder de raciocínio. Para eles, a diversão significa andar de bicicleta sem muito raciocínio, ou jogos operacionais no piloto automático.

Escritores são atraídos por palavras cruzadas, scrabble e Trivia. Que tipo de jogos você gosta?

Sinal # 11: Trabalhos de meio período ou integrais
Você escreve quando tem a chance, apesar da vida agitada ou uma carreira cansativa? Um escritor nato não conseguem evitar. Se eles não estão escrevendo, eles estão pensando sobre a escrita. Se eles trabalham 16 horas por dia, eles dormem seis, escrevem por uma hora, e ficam indo e vindo na escrita no resto do tempo.

Quando não está escrevendo, você encontrar-se desejando que estivesse? Você arruma um tempinho para isso? Se assim for, é mais do que provável de que você seja um escritor de coração.

Sinal # 12: Já são 5?
Quando você escreve, e isso é realmente importante, você perde a noção do tempo? Se você já encontrou-se sentado na frente do seu processador de texto às 3:30 quando você pretendia parar de escrever à meia-noite, você alcançou a superfície da zona do escritor.

Você está num mundo mágico que, de alguma forma, acelera o tempo natural. Você começa a escrever e a próxima coisa que você percebe, é que tem oito mil palavras já está quase amanhecendo. É um lugar maravilhoso e criativo que você precisa desesperadamente revisitar. Se este é você, por favor, pense em mostrar o seu trabalho para uma editora.


Eu ainda adicionaria mais um tópico: sonhar, durante a noite com alguma coisa que lhe dá ideias para escrever. E ainda acorda no meio da noite com o sonho na cabeça e precisa desesperadamente anotá-la para não esquecê-la!

E agora, os 3 sinais que você pode não ser um escritor

E então, há pessoas que pensam que são escritores, por que estão na zona de uma alta temporada de ideias, mas que, basicamente, não vão estar nela por muito tempo. Você está neste lado da cerca?




Sinal # 1: Não à crítica!
Você recebe bem uma crítica? Se você for recusado por uma editora ou dito por alguém, cuja opinião você não leva em consideração alguma, dizendo que você não sabe escrever bem e isso só queira fatiar alguém com uma faca afiada, você pode não ser um escritor. Se há uma coisa que quase todos os escritores têm em comum, é que somos um bando sensíveis com sentimentos que são facilmente feridos quando se trata de ambição da nossa vida.

Nós não nos tornamos tão facilmente dissuadido ou desiludidos, mas dói como um louco quando alguém nos diz que não somos bons no que fazemos, independentemente de quem ele é. A razão para esta sensibilidade profunda é a quantidade do próprio coração e espírito que um escritor coloca no seu trabalho.

É parecido com quando alguém por quem você está profundamente, loucamente, apaixonado e lhe diz que não te ama.

Sinal # 2: sinos e assobios
Você odeia algumas partes da escrita ... como a edição, revisão, reescrita ou pesquisa? Qualquer escritor que diz que odeia editar ou que a pesquisa é enlouquecedora simplesmente está dizendo o que pensa que você quer ouvir. O fato é que a escrita não é apenas colocar as palavras significativas para nós. Podemos queixar-se e lamentar-se quando se trata de algumas partes de nossa profissão, mas não gostariam de estar fazendo outra coisa.

Nós amamos mesmo a pior parte do que fazemos. Se você realmente não gosta de editar ou pesquisar, e pode até ser bom com as palavras, mas você está realmente apaixonado pela profissão?

Sinal 3: não é um direito de se gabar
Você pensa que escrever é como uma profissão glamourosa, ou algo digno de se vangloriar? Você se gabar de ser um escritor ou usa-o para impressionar o sexo oposto? Se você escreve para impressionar outras pessoas, ou porque a idéia de ser um escritor é algo atraente para você, você deve repensar o que está fazendo. Se você escreve em tempo parcial e sonha em fazer algo a mais, você provavelmente deveria.

Se você escreve bem o suficiente para ganhar um pouco de dinheiro online, mas não se preocupa com o que você vende ou para quem você vende, você pode realmente estar fazendo muito mais mal do que bem.

O que significa ser um escritor?
Escrever é um chamado sagrado que puxa a sua alma.  isso é perfeito, gente!

É o ar que você respira e faz o seu coração continuar batendo. Sua alma está cheia de palavras que não têm significado até que você se sente e derrame-as através do seu coração como uma peneira. Isto é o que a escrita é para o escritor. A profissão de escrever é diferente de qualquer outro, porque não é uma profissão para nós (escritores). É um modo de vida. Somos atraídos a ele, apesar de nossos melhores esforços para afastar-se (às vezes).

Você vai encontrar-nos escrevendo sem parar num papel de rascunho, escrevendo durante as nossas pausas para o almoço em uma mesa de canto, e sentando-se em nossos computadores por 20 horas em um momento. Nós escrevemos porque precisamos escrever. Às vezes, nossas palavras são agradáveis ​​para outras pessoas e isso é bom. Nós escrevemos, mesmo quando eles não são. Se isso não for você, você pode não ser um escritor. Você pode apenas ser bom em escrever.

Cyril Connolly disse muito bem, quando escreveu: "É melhor escrever para si mesmo e não ter público, do que escrever para o público e não ter si mesmo (no que escreve)."

Então diga-nos, você é um escritor de coração?


Fonte: hongkiat

4 comentários:

  1. Beeeem me encaixo em muito desses pontos. Porque nunca paro de escrever, tenho cadernos de 90 paginas escritos do começo ao fim, uma pasta cheia de subpastas no computador suahsuahs' enfim não paro nunca.

    Adorei o post *O*

    ResponderExcluir
  2. Que bom, querida! É isso aí, e não pare mesmo, hein! Escrita e desenho é como sexo: quanto mais se pratica, melhor fica! XD aiushaiushauishuia
    bjss :***************

    ResponderExcluir
  3. Aaaannnnnwww eu simplesmente amei :3
    Eu me encaixo em muita dessas coisas. Vivo pensando em histórias, ideias diferentes a todo momento, viajo nos pensamentos, sonho acorda TODA HORA e sempre estou anotando alguma coisa, seja no celular, em uma folha ou no computador.
    Eu amo escrever *-* escrevo com meu coração, escrevo meus sentimentos. Por isso sempre pratico, mostro o que escrevo para meus professores, amigos e para quem quiser ver rsrs e presto bastante atenção nas dicas. E mesmo as vezes eu ficando chateada por não ter ficado como eu queria ou por alguém ter falado algo que não me agradou, não paro de escrever! Estou sempre preocupando melhorar.
    PS: Suas dicas me ajudam muito :) seus textos são incríveis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, mesmo! :) o importante é não desistir! Todo mundo começa por baixo. A prática é que leva à perfeição! ;) É um caminho longo e árduo, mas que com certeza vale à pena. É só ver o rios de dinheiro que escritores como Paulo Coelho ganha! aiuehaiuehai :D

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...