quarta-feira, 1 de maio de 2013

Termos literários



Termos literários, como o próprio nome já diz, são termos técnicos usados na construção de teorias da literatura, na crítica literária, nos textos acadêmicos, nas bibliografias específicas dos estudos literários e por aí vai. E ainda assim, seu entendimento é essencial para os navegantes desse mar misterioso da literatura.

Eu resolvi trazê-los para cá, mais a nível de curiosidade mesmo. Muitos deles, nós já usamos em nossas histórias, mas sem a menor consciência. Acho que é legal termos, então, conhecimento sobre o que estamos escrevendo, até mesmo para podermos usufruir melhor dessas técnicas e habilidades. :)

Os termos são inúmeros! São tantos, que há um dicionário (ou glossário) só para eles! Mas tendo em vista que a maioria aqui escreve apenas fanfics, escolhi alguns termos mais específicos dessa área que julguei mais interessantes. Vamos a eles?


AÇÃO - processo de desenvolvimento de acontecimentos que sempre conduz a algo. A ação é um elemento dinâmico, e só pode ser entendida de modo evolutivo e situada no tempo e no espaço.

ALBA - seria a amargura e melancolia que decorrem da separação de dois amantes.♥ Mas, lembrem-se, isso se refere à literatura, ok? Não me inventem de sair por ai falando que estão sofrendo de Alba! aiuehaiuehaui

ALEGORIA - aparece muitas vezes como uma personificação, ou prosopopeia, (de virtudes, defeitos, etc.). A alegoria nasce dos termos metafóricos, e tenta representar uma realidade abstrata. A mãe natureza, por exemplo, seria uma exemplo de alegoria. Por ela, de fato, não existe. É uma metáfora personificada.

ANACRONIA - recurso narrativo que consiste na alteração da ordem cronológica linear. É embaralhar a ordem dos fatos. Alguém já leu A mulher do viajante no tempo? A autora brinca muito com anacronia.

ANALEPSE - acho que vocês estão mais familiarizados com o termo flashback... É a mesma coisa! Analepse é o processo narrativo que relata acontecimentos anteriores ao presente da ação.  :)

ANANKÊ - é a força que determina o rumo da ação e à qual personagens têm de se submeter. Esse, fica mais à nivel abstrato. Um exemplo... temos uma personagem que perde os pais e começa a se envolver com drogas, e problemas... inevitavelmente, suas ações a leva à morte no final da estória. O anankê seria tudo o que leva a personagem a um caminho... deu pra entender?

ANTAGONISTA - é o personagem individual ou colectivo que se opõe a outro — geralmente ao protagonista. Seria o vilão, mesmo.

ASSUNTO - seria o tema da sua estória, sobre o que ele fala.

AUTOCARACTERIZAÇÃO - atributos da personagem pela própria personagem. Seria o mesmo que um auto-retrato.

CARACTERIZAÇÃO DIRETA - descrição dos atributos das personagens, que pode ser feita de várias formas: através da própria personagem, outra personagem ou pelo narrador.

CARACTERIZAÇÃO INDIRETA - é ausência de descrição dos atributos das personagens, sendo a sua caracterização deduzida a partir dos seus comportamentos ou linguagem. Ao invés de descrever os personagens daquele modo típico: eu (ou ele) tenho (tem) nariz avantajado, marcas de expressão. — você obriga o leitor imaginar o personagem apenas através das ações dele, sem descrevê-lo fisicamente.

CATACRESE - é uma metáfora para tudo aquilo que não há termo próprio disponível na língua. Ex.: A perna da mesa; os pés da cama.

CATARSE - processo psicológico em que os leitores sentem ou se identificam com os conflitos representados na estória.

CATÁSTROFE - ação terrível e dolorosa que provoca uma reação emocional marcada pelo excesso fatos.

CENA - divisão de um ato, marcada pela entrada ou saída de uma personagem.

CLÍMAX - é o ponto máximo de intensidade numa sequência de ideias ou acontecimentos. É o ponto máximo da tensão a partir do qual se define o desfecho.

DISCURSO INDIRETO LIVRE - ocorre quando há mistura na voz do narrador com a da personagem em causa, como se ambos falassem em uníssono. É uma espécie de voz dual em que se preserva, até certo ponto, a expressividade do discurso direto. Ex.: "Sasuke sorria, passando a mão no queixo cheio de barba por fazer. Que diabos, ele poderia estar pensando numa hora destas?! Ainda por cima, ele estava tão calmo quanto um lago raso, e, caramba, como estava lindo! — notem como parece ser outro narrador a dizer a primeira frase, e em seguida a Sakura entra com seus comentários sem dar a noção de que houve essa troca de narrador...

DISFEMISMO - modo de expressar uma realidade desagradável de uma forma ainda mais rude e agressiva. Ex: "Lá estava seu corpo, congelado e pálido. Eu não conseguia parar de chorar por sua partida, e aquele cheiro de podridão invadia minhas narinas infectando meu corpo com sua morte." — estou descrevendo uma cena em que a personagem está diante de um cadáver de um ente querido, e dou descrições em que torna tudo mais intenso.

EUFEMISMO - estilo com que se disfarçam as ideias desagradáveis por meio de expressões mais suaves Ex.: "vou para o céu" em vez de "vou morrer".

HIPÉRBOLE - exagero de termos que serve para enfatizar a expressão, apresentando imagens e situações que ultrapassam o que se crê ser a realidade. Ex: "Eu vou morrer se não comprar aquele sapato!" — obviamente, ninguém morre por não comprar um sapato, certo? ;)

IRONIA - processo retórico pelo qual se significa o contrário do que se diz literalmente, mas que muitas vezes, somente o contexto permite entender. Ex: Comprei um cd da fulana, intitulado "inquebrável", mas a capa de plastico dele estava quebrada. Não confundam ironia com sarcasmo. O sarcasmo tende a ser mais agressivo, meio insultuoso; quase como um deboche.

METÁFORA - seria a modificação de significado de uma palavra para outra, que nada tem a ver com seu sentido primário. É definida como "comparação abreviada", na qual o termo comparado (substituído, não nomeado) se identifica com o termo que lhe é semelhante. Ex: O mar raivoso agitava-se para todos os lados, deixando todos os tripulantes enjoados. — o mar, jamais sentirá qualquer coisa, muito menos raiva. A palavra "raiva" é uma metáfora que serve para ilustrar na mente do leito sua agitação aguda.

PERSONAGEM - criatura ficcional que habita o mundo do texto narrativo e que com os seus sentimentos, a sua maneira de ser, a sua ideologia, as suas palavras e os seus atos forma a história narrada. A personagem tem em geral um nome - e é identificada muitas vezes por um retrato físico e por um retrato psicológico-moral. É sobretudo mediante a personagem, as suas falas, direta ou indiretamente reproduzidas pelo narrador, os seus comportamentos e os seus atos que se manifestam no texto valores éticos e posições ideológicas. Uma personagem pode ser estática, se não se transforma ao longo da ação (por exemplos, os mocinhos, que desde o inicio da história são mocinhos), e dinâmica, no caso contrário (por exemplo, vilões que se transformam em mocinhos). A personagem ainda pode ser plana, se for construída com base num número reduzido de características, sem profundidade nem complexidade; ou pode ser redonda, no caso contrário — um personagem complexo, cheio de atributos psicológicos, cheio de qualidade, mas também defeitos que pode deixar o leitor confuso.

A personagem plana representa com frequência um tipo humano, no plano psicológico-moral e sociológico (o avarento, o covarde, etc.). A personagem pode ainda definir-se em termos de relevo que determina a sua importância na economia da intriga. Assim, temos: personagem principal - o herói ou protagonista - e as personagens secundárias e figurantes.

PLEONASMO - é a redundância. É uma repetição de uma única ideia em várias palavras diferente. Geralmente, é considerada como erro, mas ela também serve como uma necessidade expressiva, para reforçar essa ideia. Ex:"O Ben Barnes é lindo, maravilhoso, perfeito, uma obra de arte, um Deus grego!" xD

POLISSEMIA - capacidade para reunir numa palavra diversos sentidos. Esta capacidade permite jogos de palavras e trocadilhos para dar ambiguidade e conotação. Ex: O Ben está duro como pedra! — com a palavra "duro" aqui, posso estar dizendo que ele está tão sonolento que não se move, posso querer dizer que está tão cansado que não se mexe, ou que ele está muito alegre (se é que vocês me entendem! >:D)

PROSOPOPEIA - figura em que o narrador atribui um sentimento ou a ação a seres inanimados ou irracionais, aos mortos ou aos ausentes. Ex:"O sol sorria para ele!" — o sol é algo inanimado (sem vida), e que jamais sorriria para alguém, certo?

SINESTESIA - figura de estilo que combina percepções de natureza sensorial distinta. Ex:" Ele tinha o sorriso amargo no rosto" — é quando fazemos o leitor sentir o gosto ou sensações através de descrições.


Fonte: Prof2000

...........

E é isso. Se vocês ficaram com dúvida em algo, é só perguntar! ;)

4 comentários:

  1. Aahhh, muito interessante isso. Sofro muito de Alba, sabe. HSOAHSAO

    Sabe uma coisa interessantissima? Ontem (ou melhor, hoje as 2:30 da madrugada) eu assisti um tal de 'para sempre te amarei', ou algo do tipo, aí vi que o titulo era algo como 'traveler's wife...' aí fiquei nisso. Aí eu chorei no filme, e essas coisas.
    shaoshaohs

    Então eu venho acá e me deparo com a primeira coincidência: Alba era o nome de filha dos dois. Na verdade até mais cedo eu vi uma moto com o adesivo 'alba'. HOSAHS

    E logo embaixo, você fala do livro! Eu nem sabia que diabos existia um livro desse filme (na verdade nem sabia da existência do filme até hoje).

    Então, então. HSOAHS Essas coisas me deixam perturbada sabe. D:

    ResponderExcluir
  2. sofro muito de alba!!! tu vai apanha!! aiuehiuaheui ah, mas então, eu to lendo o livro..recém cheguei na metade...mas valeu pelo spoiler o/ ashauishaui nao cheguei na parte que eles tem um filho ù_ú mas engraçado mesmo, pq só fiquei sabendo que tinha um filme essa semana, e ja baixei, mas to esperando terminar o livro pra vê-lo. Mas, putz! "Para sempre te amarei"??? estragaram o titulo! mas nao fique perturbada com isso não. Haverão outras coisas pra te perturbar mais! aiuhauehauiehaeaui

    ResponderExcluir
  3. HSOAHSOAHSHAOSA. Y.Y VOCÊ NÃO DISSE QUE NÃO TINHA TERMINADO DE LER. ficadica. hsoashaohs credo. Sai menina.

    ResponderExcluir
  4. aham, ficadica! aiushauishauishui pode deixar que ficou! agora já sei que vou ter que deixar tudo bem explicadinho! T__T aiuheauiehui

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...