domingo, 24 de março de 2013

Segundas impressões do TVD




Não sei, mas acho que esse braço da Elena está muito grande, não acham??? Olha como sobra braço, com a cabeça do Damon ali!

Enfim, para quem se perguntava se eu ainda assistia à série, aí vai a resposta: sim! E na companhia do namorado, inclusive! :D

Já faz um tempo que terminei de ver as temporadas anteriores, e acompanho os episódios atuais...Eu estava relendo o que escrevi nas primeiras impressões da série, e achei graça do quanto as coisas mudaram de lá para cá.

Como suspeitei, muitas personagens novas entraram. Alguns me pareceram meio sem sentido, outros nem tanto. Aquela tal de April, por exemplo, foi praticamente desnecessária. Serviu apenas para mostrar que a Rebeka era capaz de fazer amizade... ¬¬ Achei que ela fosse engajar um romance com o Jeremy, mas acho que desistiram. E então, pluft! Ela sumiu! Agora nem me lembro mais qual foi o fim que deram a ela... Que seja, não sei bem como começar esse post; são tantos tópicos a abordar, tantos pontos negativos para apontar...

Como por exemplo a morte do Jeremy. Acho bom quando uma personagem importante morre, porque não fica aquela coisa forçada de que somente os vilões morrem, entendem? Mocinhos também podem morrer. Mas achei estranha a morte dele, porque justamente quando ele se mostra ter mais alguma importância na trama, com aquela história de caçador de vampiros (que adorei, inclusive) que consegue ver os mortos, eliminam o cara. Eu fiquei completamente sem entender isso. Talvez tenha sido algum problema do ator com a produção...não sei! Mas é a única explicação mais compreensível que me vem em mente.

Ainda falando em caçadores de vampiros, achei que fossem explorar mais essa questão por causa daquela história dos 5, mas parece que foi apenas uma desculpa mal elaborada que inventaram para liberar o Silas. Muita coisa interessante poderia ter saído dali, antes de tudo isso acontecer — ou talvez não, pensando bem... Por que aí, iriam repetir toda aquela ladainha de caçadores versus vampiros que todos já estão carecas de ouvir em outras histórias... A não ser que inventassem alguma outra peripécia. Mas a impressão que eu tive é que simplesmente atropelaram as coisas só para chegar nesse grande vilão (o Silas), que, aliás, suspeito que não vai dar em grandes coisa também...

E o Alaric?! Pô, muita sacanagem terem matado ele, mas achei que estaria tudo bem, já que o Jeremy conseguia ver ele... Achei que ele iria continuar a fazer parte da história como o fantasminha camarada, ajudando ou outros a desvendar os mistérios. Seria interessante, mas o cara sumiu mesmo.¬¬ E a história do Jeremy ver os mortos foi toda por água abaixo, totalmente inútil. Eles eram um dos melhores personagens que tinham na série!

Bom, pelo menos saiu um, e entrou outro. O Nicolaus! Gente, que homem mais charmoso é esse??? Sim, mudei completamente de time! Sou toda sua, Nic! "Me carrelga, me carrelga"! Haiuhauiahaui Se antes o Damon chamava a atenção pelo jeito bad boy, o Nicolaus pisou nele feito uma formiga, mostrando que veio para tomar o lugar de bom moço mal interpretado. O jeito como ele se sensibiliza quando está com a Caroline é completamente enternecedor. Pura ternura! Ainda bem que o Tyler foi embora, esse não me fará falta. Apesar de ser o mais gostoso da série, o cara era um bundão, convenhamos! Era meio Maria-vai-com-as-outras, e se deixava manipular fácil demais. Pena que a questão dos lobisomens também não serviu para muita coisa... Agora parece que estão focando a história somente nos vampiros.

Mas voltando ao Nic, além desse seu lado malvado, casca-grossa (mas manteiga derretida por dentro), ele é um artista! *_* Faz todo o sentido pra mim. Eu também gostava do Elijah, e não sei porque tiraram ele. Simplesmente eliminaram... Pelo menos, foram espertos em deixar o Nicolaus.

Falando em maldades, não posso me esquecer de comentar aquela parte da terceira temporada em que o Stefan "voltou" a ser o estripador (credo, que coisa mais trash!). Aliás, esse esqueminha de desligar as emoções é tosco demais. Não seria tão idiota se não tratassem disso como se fosse apenas um botão. ¬¬ "Desliga isso, liga isso"! Me dá nos nervos! >__< Estão tratando os sentimentos das personagens como se não tivesse muita importância, quando justamente deveria ser a essência da coisa. Lembro que no inicio eles exploravam a questão do medo da Elena, das desconfianças, do amor que ela sentia, e o que era ser um vampiro (criatura ignorada e repudiada pela "sociedade"), mas agora jogaram tudo isso no lixo. Aliás, cadê os diários? A série não se chama Diários de Vampiros? Eles sumiram também.

Mas voltando ao Stefan, me pareceu ser apenas uma enrolação para chamarem a atenção para ele, já que o Damon parecia estar tomando todo o brilho da série para si. Aí alguém da produção disse: que tal fazer do Stefan um bad boy também?! ¬¬ Acho que não funcionou muito... porque dois personagens com a mesma característica perde o sentido. O Stefan estava muito bem ocupando seu lugar sensato, de "o cabeça" da trama. Como, naturalmente, ele acabou voltando a ser — aleluia!, porque né, chega de jogar a bola fora. Já fizeram muitas cagadas na série.

Em descompensação, agora temos uma Elena revoltadinha, com o botãozinho desligado. Sinceramente, estou odiando ela. Nunca pensei em desgostar de uma personagem principal, como desgosto dela. Não sei se é a atriz em si (e eu acho que é), mas a Elena está me saindo um belo pé no saco. Descaracterizaram completamente a menina inteligente e sensata que ela era. Ok, ela perdeu a família inteira, e isso realmente é algo para desesperar qualquer um, mas não é como se ela estivesse completamente sozinha no mundo. Ela ainda tinha o apoio dos gostosões, e das amigas. Mas ela age como se não tivesse ninguém. Não faz sentido. Tomara que enfiem logo na goela dela essa cura para o vampirismo, porque, sinceramente, ela está insuportável. Para mim, pelo menos. Mas vocês já repararam como tiraram a Catherine de cena? A Elena está simplesmente igual à outra. E por isso acho que o problema seja com a atriz que não está sabendo distinguir bem as personagens — o que é um problemão para a série. Sem querer, voltaram àquela questão que enfrentaram com o Stefan, duplicando personalidade. Mas aqui a questão é com a atriz amadora mesmo.

A sensação que tenho é que vão querer fazer com que todos os personagens banquem o "bad boy" ou "bad girl" como se fosse uma fase a passar. Acho que estão começando a avacalhar com a coisa. Por que agora temos também a Bonnie saindo da linha. Mas acho que o caso dela ainda é tolerável, porque ela pensa que pode ressuscitar todos os mortos — apesar de ser óbvio que não!

A Bonnie foi uma que achei que seria mais explorada também, mas de repente a personagem dela perdeu força, nessa quarta temporada. Achei legal essa carta que jogaram com ela, de bruxa poderosa — completamente previsível — mas acho que temeram dar destaque demais para ela, tirando o brilho da Elena. Acho que ela tinha muito o que acrescentar para a série, mas ela realmente estava começando a tomar o lugar da protagonista. O que é uma pena, porque acho ela mais interessante do que a mosca morta da Elena.

A Elena é um caso sério mesmo, porque acho que transformaram ela em vampira cedo demais. Pensando bem, tudo foi muito precoce nessa série. O romance entre ela e o Stefan, o surgimento de outras criaturas poderia ter esperado um pouco mais também, e as mortes de personagens importantes. E então ela se joga nos braços do Damon, é transformada em vampira...Parece que tinham esse monte de ideias e foram simplesmente atirando tudo na tela!

Antes que eu me esqueça, preciso dizer que gostei do curto momento Delena. Aquela história de "ligação" entre eles foi uma boa sacada, apesar do dó que me deu do coitado. Parece que ele não terá chance de ser amado de jeito nenhum! Mas acho que não passou de uma boa desculpa, ou melhor dizendo, jogada de marketing, para fazer com que o público fique feliz com um pouco do casal. Afinal, duvido que alguém não ansiasse por eles juntos!

A única que se salva ainda é a Caroline — justo a personagem que parecia ser a mais sem sal do grupo. Ela é a única personagem que faz mais sentido nessa série, atualmente (junto com o Nic). Ah, não vou desmerecer a chatonilda da Rebeka. Cara, como ela é chata! Sempre se metendo nos assuntos dos outros! Mas gosto daquele lado melancólico dela, por não poder experimentar as sensações humanas — aliás, isso faria ainda mais sentido se todos os vampiros simplesmente não tivesse o botão idiota. Por que a única coisa que ela não pode fazer, em comparação aos humanos, é envelhecer e ter filhos. Não me parece ser um mau negócio, se transformar em vampiro, hein!

Mas enfim, ainda acompanho a série porque apesar de todos esses pontos negativos, ela ainda tem potencial. O fato de não ficarem muito tempo batendo numa mesma tecla, é um deles — e sei que estou sendo contraditória agora. Realmente acredito que atiraram muita coisa no telespectador, porque vejam só quanta coisa já aconteceu da primeira temporada para cá. Mas isso, pelo visto, tem seu lado positivo. O negativo são essas inconsistências, como já comentei antes. Parece que a historia não possui uma essência, uma moral a seguir. É tanta coisa diferente acontecendo, mais o fato de que muita coisa se perdeu pelo caminho, que já não sei mais qual é a finalidade da trama. O quê que eles querem mostrar com tudo isso? Acho que eles mesmos se perderam, no meu ponto de vista.

Já a rotatividade de personagens acho que é boa, apesar de estranha. Eles só precisam tomar cuidado com as lacunas, como aconteceu com a April, com o pai da Elena que morreu à toa também (mas depois vi que o cara está protagonizando, se não me engano, uma outra série — e eis a justificativa dele!), com o Jeremy e o Alaric. Não digo que eles não deveriam morrer, só acho que poderiam ter participado mais da série antes serem eliminados.

E é isso. Com certeza deixei de falar um monte de coisa que tinha para dizer, mas quando me lembrar, eu retifico aqui, ou faço um novo post comentando...




 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...