quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Psiquiatras curam um 'vampiro'


























A gente morre, e ainda não vê de tudo!

Mas estou postando isso aqui, por que achei muito engraçado a semelhança desse fato com a minha fic original Ventríloquo (sim, eu sei que preciso terminar ela u.u), em que a personagem principal estava num hospital psiquiatra por ver criaturas sobrenaturais. xD 


E antes que me digam qualquer asneira, essa notícia é do dia 11/02/2013, e a minha história é de 29/02/2012 (no proprio Nyah diz). Quase um ano antes. Acho que estou prevendo o futuro!MUhahahaha.

E, na verdade, eu estava procurando matérias relacionadas à literatura (coloquei a palavra na caixa de pesquisa deles) e me veio isso (além de um monte de outras bobagens nada a ver).


"[...] Não é a primeira pessoa com um comportamento de consumo de sangue da qual se tem notícia na literatura, mas é o primeiro com um transtorno de identidade dissociativo e comportamento de consumo de sangue', explicou à Agência Efe Direnc Sakarya, um dos médicos que tratou este surpreendente caso. [...]

Entre os transtornos detectados estavam uma depressão crônica e problemas com o álcool.

'Era um homem casado de 23 anos. Vinha com um histórico de cortes com uma lâmina de barbear em seus próprios braços, peito e barriga para deixar cair o sangue em um copo e bebê-lo. Quando experimentava uma compulsão por beber sangue 'tão urgente quanto respirar' recorria a outras fontes', contou Sakarya.

Desfrutava do cheiro e do sabor do sangue, apesar de considerá-lo uma bobagem', relata o artigo científico.

De fato, o 'vampiro' tinha sido detido várias vezes por ter furado ou mordido outras pessoas para beber seu sangue. Inclusive chegou a mandar seu pai buscar bolsas em bancos de sangue.

Sakarya insistiu que não se comportava assim para prejudicar ninguém e explicou que sua doença provém de 'alguns eventos traumáticos do passado' e o descreveu como um 'jovem com muitos problemas'.

O médico relatou que o paciente sofreu episódios traumáticos em sua vida, como a morte de sua filha de quatro meses, e foi testemunha do assassinato de seu tio e de outra morte violenta."

A matéria na íntegra pode ser lida aqui

2 comentários:

  1. Eu já tinha ouvido falar de histórias como essa, de pessoas que se passam por vampiros por algum motivo que não sabemos. É realmente loucura! Não dá para entender!

    http://deia-galvao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Também já ouvir falar desse caso, me deu até arrepio quando pronunciou que ele mantia o costume de morder as pessoas .-. Isso é bem tenso

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...