domingo, 6 de janeiro de 2013

Tonari No Kaibutsu-kun


Título em Japonês: Tonari no Kaibutsu-kun
Categoria: Série TV
Episódios: 13.
Produtores: Brains Base.
Gênero: Romance, Vida Escolar, Shoujo, Comédia.
Duração: 23 min. por episódio.

Sinopse: Mizutani Shizuku é o tipo de pessoa que só se importa com suas notas. Mas quando ela acidentalmente vai entregar anotações escolares para Yoshida Haru, ele se convence, na hora, de que os dois são amigos. Haru, na verdade, tem uma personalidade muito inocente, mas quem imaginaria que no fim, ele acabaria se confessando para ela? Uma garota de coração gelado e um romance super problemático, com uma nova perspectiva. (Fonte: Aenianos)


Bom, eu gostei e não gostei dessa série... Acho que todos que assistiram ao primeiro episódio se encantou de início com a proposta dela. À primeira instância, temos uma personagem apática, séria, que apenas se importa com os estudos, e se mantém distante de amigos. Ela mal sabia o que era amizade, na verdade — e aos poucos, com o passar dos episódios, ela vai descobrindo. E ao mesmo tempo, temos um garoto que parece causar problemas para muitos, que é temido e destemido por todos; mas que no fundo é um grande "manteigão" incompreendido e meio incompreensível. E então, logo no primeiro episódio já rola um romance entre os dois. Ele se apaixona primeiro pela menina.

Dei altas risadas no primeiro episodio, quando a incompatibilidade das personagens se apresentavam, e fui cada vez mais cativada pela série.

Além da comédia e romance, havia uma historia mais profunda elaborada. A personagem da Mizutani era uma garota solitária, que não compreendia como o mundo funcionava, e ainda havia uma questão familiar deixada no ar. Ela mora com o pai e o irmão (que no fim das contas mal apareceram), e sempre o problema de sua relação com a mãe era, de uma maneira ou de outra, mencionado. Achei que a série fosse se aprofundar nisso, mas infelizmente não aconteceu. Esse conflito familiar foi apenas uma pincelada básica.

Além disso, o personagem do garoto, Haru, também tem seus próprios problemas pessoais e familiares. Ele é um garoto doce, sincero, mas meio "fora da casinha". Eu via ele como alguém com hiperatividade, que estava sempre arrumando alguma coisa para fazer. No início, vemos que ele é um garoto inocente (tapado, eu diria), que não percebia que seus "amigos" andavam com ele por puro interesse, até Shizuku dar um banho de água gelada neles, e Haru se encantar por ela. No meio da série também é mostrado que há alguma desavença entre ele e seu irmão mais velho, que diz que o problema dele é com os pais, mas achei meio mal explicado a coisa. E esse problema com família dele aparece como um mistério a ser resolvido, deixando a Shizuku cheia de curiosidades a respeito daquele menino. Só que nada é realmente revelado...

Outros personagens entraram depois de alguns episódios, incluindo um galo (ou é galinha? não lembro) — como um elemento cômico a mais. Mas acho que o animal também serve de relação, para manter os amigos unidos. Percebi isso no último episódio. Mas continuando, temos também a menina de óculos, Ooshima, que se apaixona sem querer pelo Haru, mas percebe que não tem a menor chance contra a Shizuku. Dá até pena da menina, porque ela é tímida ao extremo, meio Hinata, e prefere preservar a amizade porque era algo que ela não tinha. E temos também o Yamaguchi, que é amigo do Haru, mas acaba se deixando levar pelos encantos frios da Shizuku. E ele é bem parecido com ela, em termos de personalidade. À principio, ele resiste à ideia de estar apaixonado por ela, mas acaba caindo na real. Entretanto, ele se mantém mais a distância, meio reservado, embora não assuma por completo a derrota. Ele sabe que os dois se gostam, mas é orgulhoso demais para dar o braço a torcer.

E os episódios finais ficaram apenas na embromação do romance entre todos eles. No último episódio algo ficou muito mal explicado, que foi os sentimentos do Sasahara pela Natsume. No inicio achei que ele gostava dela, mas no final ele foi apresentado apenas como um simples amigo, se fazendo de cupido para outro colega que gostava da menina. Aliás, essa menina também tem historia para contar, porque em alguns episódios ela se mostra muito melancólica e enigmática, como se escondesse algo... Ela acaba se apaixonando pelo primo do Haru, que é bem mais velho, e ela tenta esconder isso a todo custo. Acho que aí tem coisa...


Enfim, a impressão que tive com essa série é que eles quiseram apenas atiçar a curiosidade de quem apenas vê animes. Acho que eles quiseram direcionar nosso olhar para o mangá. O que, de fato, foi o que aconteceu comigo. Pretendo ler o mangá para descobrir qual é a moral dessa história, por que não creio que algum autor faça tanta bobagem assim, deixando tanta coisa mal explicada... Mas acho que não posso esperar que ele seja mais profundo, porque a comédia é presente em todos os episódios, assim como creio que acontecerá com o mangá. Mas que pelo menos ele passe dessa banalidade de um simples romance estudantil.










2 comentários:

  1. Realmente,muito comédia esse!Com relação às coisas mal explicadas que você falou,fiquei sabendo que terá uma segunda temporada.Será que esses "mistérios" serão resolvidos?

    ResponderExcluir
  2. ahh que bom, que bom!!! eu me senti ófã quando acabou! T__T vou ver a segunda, sem dúvidas! :D mas é provavel que nem tudo seja resolvido ainda...talvez, até mesmo no mangá nao foi resolvido ainda...mas enfim. o jeito é aguardar para ver! :3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...