quarta-feira, 14 de março de 2012

Pierre Auguste Renoir







Antigamente, ler era algo de muito prestigio. Somente os mais intelectuais tinham uma biblioteca em casa. Intelectuais, e muitos deles faziam parte da alta sociedade. E então, para eternizarem seus privilégios, chamavam um pintor para retratá-los em seus momentos de leitura (não só leitura, é claro). E esse foi um dos cados do artista francês Pierre Auguste Renoir — um dos mais aclamados pela crítica. Ronoir foi um dos nomes mais importante do movimento impressionista. Desde o princípio sua obra foi influenciada pelo sensualismo e pela elegância do rococó, embora não faltasse um pouco da delicadeza de seu ofício anterior como decorador de porcelana. Seu principal objetivo, como ele próprio afirmava, era conseguir realizar uma obra agradável aos olhos. Apesar de sua técnica ser essencialmente impressionista, Renoir nunca deixou de dar importância à forma - de fato, teve um período de rebeldia diante das obras de seus amigos, no qual se voltou para uma pintura mais figurativa, evidente na longa série Banhistas. Mais tarde retomaria a plenitude da cor e recuperaria sua pincelada enérgica e ligeira, com motivos que lembram o mestre Ingres, por sua beleza e sensualidade.

Eu o trouxe para cá, por que, navegando entre blogs alheios, encontrei uma postagem que trazia diversos artistas que haviam pintado pessoas com um livro nas mãos. Achei algo bastante apropriado para o blog aqui, também, e descobri que Renoir foi um dos que mais retratou essa cena. Além disso, eu já estava familiarizada com algumas obras dele, graças às aulas de história da arte. E também, as imagens, podem servir de inspiração para alguém. Eu estou louca pra comprar aquele livro "A menina que não sabia ler", e tenho em casa "A menina que roubava livros" — não sei, mas me parecem títulos de quem se inspirou nessas obras. #meignorem.

Não sei se mais alguém reparou, mas, essas duas primeira imagens, as meninas são as mesmas. Eu não conheço a história por trás desses quadros (descobri eles agora), mas imagino que os pais dela, ou talvez o próprio Renoir, encantado com elas, resolveu pintá-las mais uma vez...






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...