terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Livro: Silêncio



AUTOR: Becca Fitzpatrick
GÊNERO: Ficção
COLEÇÃO: Hush, Hush
TÍTULO ORIGINAL: Silence
ANO DE LANÇAMENTO: 2011
N° DE PÁGINAS: 304
EDITORA: Intrínseca
FORMATO: Médio
ACABAMENTO: Brochura


Vamos à sinopse:

Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe.

Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece conversar com ela. Alucinações, visões de anjos, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com sua antiga vida.

A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas? e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada. De novo.



Sinopse retirada do Sinopse do Livro




É sem muito orgulho que anuncio que este foi meu 4º livro do ano. Não sei esse foi realmente o pior de todos, ou se por influência de escritores cuja escrita é muito melhor tratada e cuidada, que quase detestei esse aqui.
A começar pelo inicio muito previsível, em que Nora perde a memória, mas de cara dá para imaginar o que aconteceu. Alías, temos o prólogo, que já arruina por completo o mistério. Um desastre total, em minha humilde opinião. Depois tem os diálogos fúteis.

"— Advinha só onde estou!
— Dica?
— Jura que não conta a ninguém?
— Precisa perguntar?"

Eu entendo que esse tipo de artifício é criado para enfatizar a natureza fútil das adolescentes americanas, mas certas coisas são desnecessárias. E ficar enrolado o leitor com esse tipo de conversinha inútil, que não acrescenta nada, é uma delas. Houve algumas dúzias de vezes em que apenas corri os olhos pela página, cortando muita coisa repetida. Pois ainda teve mais essa! Havia muita parte redundante; indagações e especulações feitas pela personagem já feitas antes, reescritas com palavras diferentes.

Ah! Preciso comentar sobre um outro detalhe que me irritou. E não é só nesta série que já havia percebido isso antes. Várias são as sagas em que o escritor opta por fazer da mocinha a menina frágil, muito mais fraca do que o vilão. E mesmo  tendo noção disso, a personagem insite em enfrentar o tal vilão "fadástico". Ou seja, é algo completamente sem sentido! Chega a ser patético. Mesmo tendo suas razões aceitáveis para tal, continua não fazer sentido. Ela sabe que é uma fracote, e ainda insite em bancar a durona, tirando a ideia sabe-se de onde!, de que tem alguma chance contra o cara. Tive vontade de socar a cara da escritora. Me desculpem, mas não dá para engolir certas coisas. Em que mundo isso acontece? Ok, é ficção. Sim! Mas cadê a verossimilhança??

Eu já disse antes para algumas pessoas que, uma estória para ser realmente boa, deve transmitir
alguma mensagem para o leitor. Agora me respondam, o que aprendemos com a série Hush Hush? Que o bem sempre se lasca contra o mal, mas que, no fim, ele sempre vence? Afinal, o final da estória me parece cada vez mais óbvio. Algo me diz que a Becca não vai nos surpreender. Tenho para mim que ou eles todos vão voltar a ser humanos e viver felizes para sempre, ou vão viver felizes para sempre como são. Mas espero profundamente estar errada.

A única coisa boa que eu tenho a dizer sobre o livro é a respeito das cenas de ação. Conseguiram prender minha atenção em todas elas. Aliás, acho que a única coisa realmente interessante (e acho que essa nem é a palavra mais adequada para isso) são essas cenas. Porque de resto, é pura perda de tempo, pura embromação. É o mesmo bla-bla-bla de sempre.

Enfim, eu já tenho os três livros lançado em minha estante, e vou me obrigar a comprar o próximo — do qual rezarei fervorosamente para que seja o último!

4 comentários:

  1. Ah, cara, eu acabei de ler Crescendo! E eu acho bem idiota disso de ela sempre querer enfrentar o vilão! Porra!! Tu é fraca!! Tu vai morrer! Silencio eu não vou comprar agora, tenho livros mais importantes para ler. Eu não gostei muito de Sussurro. Comprei Crescendo pq eu fui na livraria comprar um livro de Percy Jackson, e n tinha! Dai a minha mãe disse: "Giovana, se tu não pegar um livro agora, a gente vai para casa e tu vai ficar sem livro nenhum!". Dai eu me desesperei! Eu vi Crescendo e peguei ele. Quando eu já tinha pagado (no cartão da minha mãe, é claro), eu vi outros livros que eu queria ler. Eu fiquei tão puta, pq Crescendo não tava no topo da lista dos livros que eu queria ler. Tá, eu fui ler... li 100 pags e parei. Eu tinha achado o livro que eu queria do Percy, achei na Cultura, obviamente, sempre acho o livro que eu quero na cultura. Mas eu não li Percy também, pq eu ia pra praia, e eu ia precisar de livros para ler. Então eu peguei Percy e Crescendo para ler na praia. Eu li Percy primeiro. Eu tava enrolando para ler Crescendo, mas dai eu fui ler. Porra! Patch ficando com Marcie(acho que é esse o nome) e Nora fazendo ciuminho com o Scott. Ok, numa parte ela tava tentando descobrir sobre o mão negra(esse o nome, né?), mas na festa ela tava tentando fazer ciuminho! E quando a Vee falava, era sempre sobre comida ou o Rixon! O engraçado é que no final ele é o malvado. Tá, ele tava aparecendo demais, obvio que ele ia ser algo! Aff... Silêncio tá la no final da minha lista de livros. Na real eu só vou ler pq eu TENHO que saber o final de todas as séries que eu acompanho. Eu prefiro Fallen! Sem duvida alguma! E vai lançar Fallen in Love esse semestre e no proximo o ultimo livro!! Enfim, eu enrolei um mooonteeee aquiii!!!! Vou indo!!
    Bjuxxxxxxxxxxxxx!!
    Giovana Paludo

    ResponderExcluir
  2. oieee!!! Née??? eu também ainda prefiro a série Fallen! tenho os três livros na minha estante! T_T um melhor que o outro! TT__TT to louca pelo fallen in love! Mas enfim, comprei sussurro, porque uma amiga, super fã da série hush,hush, me indicou. Na verdade, eu gostei dos dois primeiros, mas acho que é por que eu andava lendo muitos livros do tipo. Mas no inicio do ano li algo mais complexo, muito mais bem escrito e elaborado, que fez a fixa cair, sabe.
    Eu nao li ainda Harry potter, nem os do Percy. E olha que eu comprei as duas séries completas para minha irma. qualquer dia desses, vou roubar dela os livros para ler.

    :*************8

    ResponderExcluir
  3. Já leu Instrumentos Mortais? Na minha opinião é o melhor supernatural adolescente ;)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Vana. Pois então, na verdade, eu já li os instrumentos mortais sim. Adorei o primeiro e o segundo, mas o terceiro achei fraquinho também. Jace perdeu toda a graça, apesar do Alex ter se sobressaído mais T_T

    Na verdade, o meu preferido, do estilo infanto-juvenil, por enquanto, tem sido a serie Fallen, do qual o primeiro nao é grandes coisas, mas o segundo achei muito legal e o terceiro melhor ainda. Mas o melhor mesmo, é a serie Interligados. Esse, sim, eu diria que é FODASTICO! iuahauihau na minha opinião, é claro. Gosto bastante da série Strange Angels também. T_T

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...