quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Classificando Gêneros


Uma das maiores dificuldades que os autores podem encontrar é na hora de classificar sua estória em algum site. Muita gente classifica a sua história em mil e um gêneros. Só por que há um beijo entre algumas personagens, tem gente que já acha que isso é romance. Ou só por que há algum desentendimento entre personagens, pensa que é drama. Ou ainda, só por que há uma morte, deve classificar sua estória na categoria de Deathfic (estória com mortes).


Não! Não é assim que a coisa funciona. Atentem-se ao enredo; ao núcleo da sua estória. Perguntem-se: Qual é a trama do meu enredo? Qual é o ponto principal da minha obra? É o amor entre o Sasuke e a Sakura? É encontrar o culpado pela morte do Jiraya? É a sede vingança que o Sasuke nutre pela morte do irmão? São as trapalhadas sem noção da Sakura, com os amigos? É a corrida pela vida, que a Karin se coloca fugindo da polícia? Ou seria a série de mortes que têm acontecido na cidade?

São essas perguntinhas que irão definir qual é o gênero da sua estória. De fato, uma estória pode ter mais de um gênero, sim. Mas para facilitar o entendimento de quem lê apenas as sinopses (e isso vale para livros também!), e para atrair um público mais específico, a classificação, geralmente, é limitada pelas produtoras de filmes (e editoras de livros).

No meu ponto de vista, falando agora mais especificamente sobre o NyahFanfiction, há uma pequena confusão entre gêneros e avisos. Há itens nos gêneros, que deveriam estar nos avisos, e vice-versa. Mais abaixo, eu explico o porquê.


Bom, me pediram para explicar o que são cada um dos gêneros que o Nyah disponibiliza para nós. Lembrando que, desde o início de Dezembro, se não me engano, entrou em vigor a regra que limita o autor a classificar sua estória com, no máximo, dois gêneros. Se alguma estória for encontrada por eles com mais de dois gêneros expressos, o autor poderá perder seu cadastro, caso já tinha sido notificado alguma vez por alguma outra infração de regras. Então, fiquem atentos.

Bom, vamos lá, por ordem alfabética, como se encontra do site.

Ação: é um gênero que geralmente envolve uma história de protagonistas do bem contra antagonistas do mal, que resolvem suas disputas com o uso de força física. As estórias de ação têm como tema central o crime, a guerra, entre outros. Em suma, como o próprio nome diz, é um gênero que contém ação; faz com que a personagem produza adrenalina; há muitas cenas de corridas e lutas.

Amizade: particularmente, acho que esse gênero não deveria existir no site. Isso nem é um gênero, para começo de conversa. Por que qualquer estória que conte sobre a amizade entre um grupo de pessoas, ele é automaticamente um romance ou drama ou terror... Depende do contexto. Amizade é uma pequena característica que vai constar ou não na sua estória. Se há amizade nas classificações, deveria haver também a inimizade, a fraternidade, a maternidade, a paternidade, e por aí vai. E isso não faria muito sentido. Entendem o que eu quero dizer? Característica é algo que lhe dá algum sentido, enquanto que o gênero é uma classe, uma espécie. Dentro do gênero há características. Mas as características não possuem gênero.

Xiii, acho que compliquei mais ainda né? Se não entenderem algo, me avisem!

Angst: este é outro que eu não considero como sendo um gênero. Angst, em alemão e inglês, significa angústia, ansiedade. Em estórias de terror, entre alguns dramas, a angústia é bastante comum. Mas isso já fica meio expresso subliminarmente nesses gêneros. Creio que não há a menor necessidade de avisar ao leitor que sua história de terror trás angustia ao leitor. Até por que, cada um é cada um. O que é angustiante para mim, pode não ser para vocês! Mas enfim, angst nada mais é que angústia.

Aventura: é uma atividade ou experiência, arriscada ou perigosa. O termo é popularmente mais usado em referência às atividades físicas que possuem algum potencial de risco, como exploração, paraquedismo, alpinismo, e entre outros esportes radicais. Um aventureiro é uma pessoa que baseia a sua vida em atos arriscados.

Comédia: é o uso de humor nas estórias. Creio que não há mais o que explicar sobre isso...

Crossover: esse é um item que eu acho que deveria estar nos avisos. Você deveria AVISAR ao leitor que há o encontro de personagens de estórias diferentes, distintas. Até por que ninguém vai centrar seu enredo somente no fato do encontro entre estas personagens! Com elas, vocês vão criar drama, terror, ação, comédia, ou o que quiserem...

Darkfic: é abundante em cenas depressivas, atmosferas sombrias e situações angustiantes. Esse é mais um item que acho que não deveria estar na classificação de gêneros. É completamente redundante, repetitivo, pois dramas podem ter cenas depressivas, bem como terror, ou até mesmo romances.

Deathfic: diz-se quando alguém morre. Particularmente, acho completamente desnecessário colocar isso na sua fic. Pois além de se presumir que estórias de terror haverá mortes, dizendo que há morte em sua trama de drama, você meio que quebra a surpresa. Nem tudo é necessário deixar avisado ao leitor, como isso, por exemplo.

Drama: são todas as estórias de caráter "sério", não cômico, que apresentam um desenvolvimento de fatos e circunstâncias compatíveis com os da vida real. Na vida cotidiana, um conjunto de acontecimentos complicados, difíceis ou tumultuosos pode ser um drama, assim como um acontecimento que causa dano, sofrimento, dor.

Ecchi: esse é MAIS UM item que eu considero não fazer parte dos gêneros, mas sim dos avisos. Pois é uma característica que se refere à sensualidade. No Japão, geralmente, são classificados como ecchi todos os mangás/animes em que as personagens mostram calcinhas, evidenciam os seios, mostram o sutiã, mas sem relações sexuais. Quero dizer, vocês podem ter uma história com sexo sem ecchi, como podem ter os dois.

Fantasia: é um gênero que usa a magia e outras formas sobrenaturais como o elemento principal/primário de uma estória. Ou seja, é tudo o que não é real. Pode envolver mitos e lenda.

Ficção científica: é quando a estória lida principalmente com o impacto da ciência, tanto verdadeira como imaginada, sobre a sociedade ou indivíduos. O termo é usado, de forma mais geral, para definir qualquer fantasia literária que inclua o fator ciência como componente essencial e, num sentido ainda mais geral, para referenciar qualquer tipo de fantasia literária. Ou seja, é quando vocês tentam explicar cientificamente (mesmo não sendo real) por que vampiros existem na sua estória. Por exemplo, dizem que foi um vírus que alterou a forma humana de cadáveres. Deu pra entender?

Furry: e este é outro item que eu acredito não fazer parte da lista de gêneros. É quando há criaturas antropomórficas. Ou seja, que se assemelha aos seres humanos. Exemplo: minotauros, centauros... Há também aquele desenho Thundercats, em que as personagens são todas furries, no qual há uma mistura de semelhanças entre felinos e humanos. Deve haver outros exemplos de Furry, mas agora não me ocorre mais nenhum...

Hentai: são cenas de sexo. Mas pesquisando agora, fiquei com dúvidas. Encontrei dois links no Wikipédia, onde um diz que hentai é apenas sexo. No outro, diz que no Japão, hentai se refere à pornografia mesmo (embora as pessoas podem se referir à outra pelo termo, querendo apenas dizer que ele é um tarado). Ou seja, é quando as cenas são explícitas. Mas há o lemon, que diz também ser sexo explícito. Ou o lemon está errado, ou há uma redundância aqui também. Por que, não sei vocês, mas eu já vi animes hentai! (Abafa o caso! aiuhauihauai) E digo asseguradamente que todos têm pornografia. Logo, hentai é de cunho pornográfico com sexo explícito sim.

Horror: é o mesmo que terror. Acho extremamente redundante terem horror e terror nas classificações.

Humor Negro: de acordo com o Wikipédia, é um subgênero do humor que utiliza situações consideradas por muitos como de mau gosto ou politicamente incorretas. É geralmente de natureza mórbida, para fazer rir ou divertir o público menos suscetível. Entre os temas retratados pelo humor negro estão a morte, o suicídio e o racial (geralmente abordando etnias excessivamente vitimizadas pelo estado atual das coisas ou por algum evento histórico que façam os outros grupos vê-los como supostas "vítimas" implicitamente). Particularmente, acho esse um gênero complicado de se abordar. Por que no momento em que a vitima da piada se ofende, ele deixa de ser humor, passando para o insulto. Sinceramente, eu não vejo muita graça nesse gênero. Acho mais graça quando a pessoa ironiza a própria desgraça, do que a dos outros...

*Lemon: é quando há cenas de sexo explicito entre homens. Acho que também deveria ser um aviso.
  
Lime: esse, eu tive que pesquisar também, para informá-lo. De acordo com o Wikipédia, lime é estória com cenas de sexo implícitas, tanto entre casais hétero, quanto homossexuais. Eu não sabia disso! Para ajudá-los a melhor compreender, é quando vocês apenas dizem:
“Sasuke beijou Sakura nos lábios. Sua boca foi descendo pelo pescoço, causando calafrios na garota. Em seguida, os dois se deitaram na cama. No dia seguinte, ambos acordaram sorridentes. “ — entenderam? Vocês não dizem que eles fizeram sexo. O ato fica implícito, no ar, no imaginário do leitor. A maioria dos livros de romance faz isso. Acho que esse também não deveria estar na lista de gêneros. Funciona perfeitamente como um aviso. Tipo: Oh, leitor, a minha estória contém sexo implícito, ok?

Mistério: ah, mistério é quando há mistério. *Sério, Amanur? Ohhhh!* Hauihauiahauihi  É meio óbvio, né? Mas enfim, no geral, é quando algo secreto, escondido, de significado ou causa oculta acontece. É quando um fenômeno ocorre e não se tem conhecimento de quais as causas; algo que não se pode explicar. Eu acho desnecessário esse item na lista de gêneros também, por que mistério está sempre ligado ao suspense, aonde os elementos ocultos vão se desenvolvendo, se revelando no desenrolar da trama...

Orange: é quando há cenas de sexo entre mulheres. Acho que ele também não deveria estar nos gêneros. Ele é uma característica que pode estar dentro do gênero Yuri, ou não. Afinal, ninguém vai focar a história em sexo. No caso das histórias eróticas, são histórias com hentai. Aí, sim, é um gênero, no qual você pode informar se há Orange ou não, nos avisos... Mas enfim, para o Nyah, é um gênero..

Paródia: é uma imitação cômica de uma composição literária (também existem paródias de filmes e músicas), sendo, portanto, uma imitação que possui efeito cômico, utilizando a ironia e o deboche. Ela geralmente é parecida com a obra de origem, e quase sempre tem sentidos diferentes. Na literatura, a paródia é um processo de intertextualização, com a finalidade de desconstruir ou reconstruir um texto.

OBS: para quem não sabe, a intertextualização é a criação de um texto a partir de outro já existente. É a relação entre dois textos caracterizada por um citar o outro. Eu mesma já fiz isso com minhas histórias. Na fic “Ilusões” eu citei a “Silêncio”. E há bem pouco tempo, citei a “Incógnita” na “Dirty”. É um recurso literário bastante comum, na verdade.

Poesia: muita gente confunde poesia com poema. A poesia é utilizada com fins estéticos, ou seja, ela retrata algo que tudo pode acontecer dependendo da imaginação do autor como a do leitor. Na verdade, a poesia, dizendo de forma mais grotesca, é a parte bela de um texto. Qualquer texto pode conter poesia. Tem gente que acha que poesia é só fazer algumas rimas, de deixá-lo naquele esqueminha de linhas curtas, com parágrafos pequenos. Não! QUALQUER texto literário pode conter poesia. O poema, sim, é que contém aquela forma “quadrada”. O poema SEMPRE se apresentará em versos e estrofes. Verso é cada uma das linhas que constituem um poema na estrofe. E a estrofe, então, seria cada uma das seções que constituem um poema, ou seja, cada agrupamento de versos, rimados ou não — pois não há obrigatoriedade nos poemas terem rimas.

Romance: ATENÇÃO! Nem todo romance contém cenas românticas entre personagens. Esse romantismo não é o que define o gênero romântico de uma estória. Um romance é uma composição poética — quando há uma mensagem a ser passada para o leitor. Geralmente, no romance, uma personagem pode surgir em meio da história e desaparecer depois de cumprir sua função. Outra distinção importante é que, no romance, o final é um enfraquecimento de uma combinação e ligação de elementos heterogêneos, não o clímax, o ponto principal. Digo isso, por que algumas pessoas confundem romance com novelas. Em novelas, o ponto principal da história está no final. Nos romances, não.

Shoujo-ai: é quando há relacionamento sutil entre mulheres. Seria um Yuri bem leve. Acho que esse não deveria estar na lista de gêneros também. Você pode escrever um drama, que contém shoujo-ai. Esse item deveria estar nos avisos.

Shounen-ai: é quando há relacionamento sutil entre homens. Acho que poderíamos dizer que Naruto tem shounen-ai. Afinal, qual menino iria até ao inferno por outro? Por mais amigos que sejam, isto é! Além disso, tiveram aqueles episódios super gays, né! aiuhauiahuaiahi (*que eu adoro!*) Mas acho que já está bem claro que o tio Kishimoto é bem chegado num yaoi sim! XD Enfim, seria um Yaoi bem leve. E assim como o shoujo-ai, então, creio que o shounen-ai não deveria estar na lista de gêneros do Nyah também.

Songfic: de acordo com o Wikipédia,  a songfic é acompanhada da letra (e/ou tradução) da música escolhida pelo(a) autor(a), como trilha sonora. Geralmente seu gênero é drama e são Oneshots ou Shortfics. Particularmente, eu não curto esse gênero. Só consegui gostar de uma songfic, e essa é que eu realmente a classificaria como songfic. Por que acho tão sem sentido meter a letra de uma música no meio do texto que, muitas vezes, não faz sentido algum com o contexto. Aí, fica aqueles trechos jogados a esmo no meio da estória, perturbando o fluxo da leitura. Não tenho nada contra quem gosta, ou quem escreve, mas eu, Amanur, não aprecio. Mas essa songfic que eu li, a autora transformou a letra em uma fic, sem jogar a letra no meio dos parágrafos. Isso sim, eu chamaria de songfic.  Depois eu vou escrever um post recomendando algumas fics que eu acho que valem à pena ver. Nem todas — aliás, eu diria que 95% — das fics que estão na lista “Estou acompanhando” foram lidos. Às vezes me recomendam uma fic, e eu ponho lá para ler outra hora. Ou, então, encontro por acaso alguma fic que me interessa, e ponho lá para ler depois também. Só que não li nem um terço delas T_T

Suspense: é a narrativa que trás tensão ao leitor. É quando a estória instiga no leitor a dúvida: é agora? Ela é sempre acompanhada da sensação de ansiedade, dando a incerteza a quem o lê. Seria o impacto que o perigo trás, pois, geralmente, está associada a situações ameaçadoras.

Terror: é quando a estória trás a sensação de medo provocada por algo medonho, desconhecido. Mas ela não, necessariamente, precisa trazer mortes. Filmes de assombrações, possessões, podem ser terror, sem mortes. Este gênero está intimamente ligado à ficção fantástica e à ficção científica. Mas tenham bem claro que, terror, é quando a obra instiga o medo. Ponto final.

Tragédia: esse é outro item de não deveria estar na lista de gêneros, mas de avisos. É uma forma de drama, que se caracteriza pela sua seriedade e dignidade, frequentemente envolvendo um conflito entre uma personagem e algum poder de instância maior, como a lei, os deuses, o destino ou a sociedade. Suspense, terror, ação... Já vi até comédia contando tragédia — o que não é algo muito recomendado, por que tira a comicidade da estória.

Universo Alternativo: de acordo com o Wikipédia, se passa num mundo diferente do criado pelo(a) autor(a) original da série, mas utilizando os personagens já existentes na história, na maioria das vezes buscando não alterar as características físicas e psicológicas das personagens.  Eu diria que ele também não é um gênero.

*Yaoi: é quando há romance entre dois (ou mais XD) homens, sem cenas de sexo. É a classificação do Lemon, que vai indicar se contém ou não sexo. Na literatura tradicional japonesa, não há a distinção desse gênero. Somente mangás e animes são classificados como sendo yaoi, ou yuri. O que há, é a dita literatura homoerótica — e isso não só para o japão. Portanto, creio que esses dois itens também não deveria fazer parte da lista de gêneros. Afinal, não estamos criando anime/mangá. 

*Yuri: é quando há romance entre duas (ou mais) mulheres, sem cenas de sexo, que pode conter orange ou não.

...

* Errata: eu havia dito antes que o Lemon era apenas cena de sexo, mas pesquisei em outros sites, e vi que é sexo entre homens. Além disso, Yaoi e Yuri, não é necessário conter sexo para ser classificado de tal forma.
...
...


E é isso. Lembrem-se que SEMPRE que houver sexo em sua estória, classifique-a como sendo para maiores de 18 mesmo você tendo menos de 18! iuahaiuhauihauiuiahia. Nos casos da Lime, a classificação para 16 está ótima. Por mais que agente saiba que qualquer criança, hoje em dia, tenha acesso a vídeos e fotos pornográficas, tenhamos a consciência de que esse não é um material indicado para esse público.

Mas particularmente, eu acho que a indicação para maiores de 18 deveria ser abolida. A quantidade de adolescentes fazendo sexo é tanta, que essa indicação, simplesmente, não faz mais sentido. Há adolescentes de 16 que sabem mais sobre sexo do que adultos de 30 anos! Mas enfim... Ainda é lei, e devemos respeitá-la. Que cada um faça a sua traquinagem, respeitando os limites dos outros. Afinal, de fato, ainda há aqueles que desconhecem sexo aos 16 anos, e devemos respeito àqueles que não gostam desse tipo de leitura! ;)

Ah, quando há muita violência ou quando a estória é do gênero terror, também é recomendado marcar a leitura para maiores de 18! Não queremos crianças tendo pesadelos à noite! XD

Sobre a troca de gênero durante o desenvolvimento da estória: às vezes, pode acontecer de, de repente, eu decidir que vou querer incluir um yaoi na minha estória. Ou então, eu posso começar a escrever uma fic sem a intenção de acrescentar sexo, mas, de repente, sinto vontade de escrever uma cena pornográfica. E agora? O que fazer? Posso trocar ou não?

SIM! Não só pode, como DEVE! Em respeito àqueles que começaram a ler por que não gostam de estórias com esse tipo de conteúdo devemos trocar o gênero, sim, senhor. E seria bom também pôr um aviso nas notas do autor. Afinal, são poucos os que cuidam se houve alguma alteração por parte do autor nas classificações. Infelizmente, o Nyah não notifica os leitores quando há essa troca. Além disso, fics que são pegas pela moderação com a classificação errada, recebem notificação. Mas quem já recebeu de uma, ou duas (não lembro o limite) notificações anteriormente, corre o risco de ser banido do site. Então, cuidado com isso!
...

Agradeço a uma das minha leitoras mais fiéis pela dica do que postar aqui! *_* 

:*********

6 comentários:

  1. Nhaa eu simplesmente amei esse post! Sério, esclareceu muitas duvidas que eu tinha.
    Sempre quando eu pensei em postar algo (apesar de não postar nada), eu tinha certas dúvidas sobre como classifica-las. Acredito que outras pessoas também. Em relação a cada gênero, pois então, eu tinha curiosidade, e já havia pesquisado. Até encontrei esse site que até cita Incógnita: http://sites.levelupgames.com.br/Forum/grandchase/forums/t/429128.aspx ahiahaihaiahiah tu tá famosa, hein XD
    Enfim, tu podes pensar por que eu simplesmente pedi pra postar sobre isso, se o pai google podia me responder, entretanto ele não emite a opinião dele. Ou seja, tu és a conselheira oficial das fanfic do Nyah! (pelo menos pra mim T_T)
    Ah! Adorei o seu agradecimento, me senti tão emocionada T_T rs (é sério!)
    Bjssss :*********

    ResponderExcluir
  2. oieee! Com certeza tem mais gente com dúvidas nisso sim! ;)

    Mas tipo assim, OMG!!! Incógnita é uma saga! *O* auihaiuhauiahuaihauiahi eu não sabia desse site aí não! T__T vou mostrar pra minha mãe que estou famosa! uahaiuahiuahaiahuaihui

    Mas que bom que gostou do post, e que deu pra esclarecer as tuas dúvidas. ;) E é claro que eu tinha que agradecer, né! T_T
    bjss :**************

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Legal, o post.
    Também creio que alguns gêneros são desnecessários. Quando eu vejo uma fic com trocentos avisos e gêneros me dá uma desanimo...
    Olha só! Eu pensei que lemon indicasse sexo entre dois (oi mais ;D) homens, assim como orange indica sexo entre mulheres.
    Eu já tinha pesquisado algo sobre isso ^^
    See ya
    (Helohpereira)

    ResponderExcluir
  4. oiee! :D

    Pois então, eu sei de alguns sites de animes/manga yaoi que referenciam o Lemon como sendo sexo entre homens mesmo. Bom, eu não sou especialista no assunto, e não sei quase nada sobre a língua japonesa, pra te dizer com certeza se é mesmo isso ou não. De acordo com o Wikipedia, lemon é sexo explicito, acho que independente do sexo se feminino ou masculino (ele não fala nada sobre isso). Na verdade, o wikipedia nao é um site muito bom de referência, né? Afinal, qualquer um pode ir lá e alterar qualquer informação...mas como ele foi o único que encontrei, tive que me basear nele mesmo.

    Eu já tinha pesquisado sobre isso também, mas faz tanto tempo que não lembrava da metade dos itens!

    bjss :**********

    ResponderExcluir
  5. Gostei do post, muito legal, esclareceu muitas coisas.
    Eu so quero fazer um pequeno comentario, espero que nao se ofenda, mas eu acho q Naruto n tem nada de Shounnen-ai, Masashi Kshimoto pode ate ter uma perspectiva diferente de amizade, uma mais carinhosa, na verdade, so porque um amigo vai ate o inferno pelo outro n sigifica que eles sintam algo a mais que amizade, alem de tudo q o Naruto considera o Sasuke seu irmao, irmaos nunca desistem um do outro, eles, por mais que se odiassem, fariam tudo um pelo outro.Entao eu nao acho q possa ter alguma chance de shonen-ai em Naruto.
    Eu so queria expressar essa opiniao, espero realmente n ter ofendido.
    Obrigada pelo post, esclareceu muito sobre Humor negro, eu n sabia o que era direito. So mais uma coisa, acho q Lemon é a mesma coisa que Orange so q pra homens.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Aa.

    Não te preocupa, que não me ofendi, não! ;) Mas pelo teu comentário, imagino que tu não está acompanhando mais o anime, certo? Por que os últimos episódios mostraram claramente que o autor é fã sim de um yaoi. Nessas saga filler teve alguns episódios beeeeem gays, sim! E não vamos esquecer de um dos episódios mais épicos da obra, quando Naruto tasca um beijo no Sasuke, certo? E ainda tem aquela outra cena em que o Naruto fica de cabeça para baixo, por cima do Sasuke, olhando para ele como se estivesse preste a tascar outro beijo à la homem-aranha! Hehe. Nesses últimos episódios lançados, ainda mostra sutilmente um romance entre o Gai e o Kakashi. E teve um outro episódio em que mostrou eles no passado, numa missão que não foi mostrado na primeira saga. O Naruto ficou preso ao Sasuke por uma algema, se nao me engano, e, por isso, compartilharam alguns momentos íntimos e constrangedores, que não havia necessidade de o autor ter criado estas cenas, se não gostasse da coisa, entende? Por isso, eu acho que Naruto tem um pouco de shounen-ai sim. Além disso, só pelo fato de o Naruto considerar o Sasuke como um irmão, não o torna REALMENTE irmãos. Acho que ninguém seria capaz de fazer o que ele faz por um amigo. Mas tudo bem, ainda é aceitável, por se tratar de uma ficção. De qualquer forma, o shounen-ai está bem explícito, até mesmo nos diálogos do mangá. Esses dias mesmo, eu tava comentando com uma amiga uma coisa que li muito óbvia nesse sentido no mangá. Infelizmente, não me lembro agora o que foi...mas até ela concordou que o negócio tava bem gay mesmo. E olha que ela nem é chegada em yaoi, como eu sou. Digo isso por que podiam querer dizer que estou querendo forçar a barra por gostar do gênero...mas enfim, eu não diria nem que é sutil o negócio. Acho que está bastante explícito sim.

    Mas, de fato, Naruto não é classificado como shounen-ai. Até por que, o Kishimoto já disse que não gosta de romances. E, sem dúvidas, o que o Kishimoto, no fundo, quer passar para o público é a questão da importância da amizade, e tal... mas acho que ele poderia fazer isso muito bem sem essas cenas gays que ele pôs.

    Mas enfim, se tu ainda discorda, tudo bem, eu respeito tua opinião. ;)

    Sobre o Lemon, eu tô achando que tens razão sim, apesar do wikipedia não dizer isso. Eu andei catando a informação em outros sites, e todos diziam ser relações sexuais entre homens... vou editar ali no post a informação. Mas que bom que pude esclarecer algumas dúvidas de vocês!

    bjss :**********

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...